quarta-feira, 20 de agosto de 2008

4. Enxofre


Jesus com sua enorme sabedoria pensou: “Esse cara é um asno!!”, mas me perdoou mesmo assim. Nunca mais vi o Homem. Soube que ele tinha virado santo, através de Judas, o Filho da Puta. Estávamos falando na taberna perto do Rio Jordão:
- Dizem que faz milagres, mas não acredito. Pra mim ele só quer aparecer. Ainda se diz filho de Deus. Pode??- Disse Judas indignado .
- Eu conheço ele do tempo da Sinagoga. Ele era meio confuso. Mas nunca vi nada de diferente no rapaz. Só não curtia nada: careta que dava ate dó. E falava umas doideiras. Se eu não soubesse que ele não usava nada, diria que ele só andava trincado. –Conclui.

Naquela época, ninguém sabia quem era o Diabo , e ele andava solto por Jerusalém. O Diabo era o que tudo de errado podia ser: Viado, drogado, ladrão, enfim o tinhoso em pessoa. Mas Pilatos e sua guarda não conseguiam o prender nunca. Diziam que era por influencia política.
Ele entrou na Taberna com seu fedor característico e pediu uma cachaça. Todo mundo evitava o Diabo, pela sua ignorância, mas Judas, o Filho da Puta era amigo dele. O Diabo sentou-se em nossa mesa e diz:
- Tudo bem, seus merdinhas??
- Oi amigão!!! - disse Judas todo contente.
- Estava bem...- Resmunguei - ...ate tu entrar com esse cheiro! Vai tomar um banho seu imundo!! Bicho porco!!!
- HAHAHAHAHA, você não gosta de meu cheiro?? Vai ter muito tempo pra se acostumar no inferno. HAHAHAHAHAH- Ria o Diabo. O cheiro aumentou e todos colocaram a mão no nariz. Judas era só sorrisos pro Diabo. Alem do cheiro, percebi algo estranho no ar:
- Ah, entendi!! Vocês tem um caso!! Um casalzinho de viados... dá licença que vou sair fora!!
- Ssss - Fez Judas em sinal de silencio – Fala baixo, não espalha...