terça-feira, 16 de setembro de 2008

16. Viado

- Cadê? O homem sumiu!! Assim não dá! – dizia o Diabo desesperado.- Como posso trabalhar desse jeito?? O homem voa, some , solta raios, cura e todas essas coisa! É desleal.
- É Diabo, arruma outro , que esse é difícil. Mas tu é novo e tem talento. No futuro pode ser que de certo. Fica triste não. – Falei com a mão em seu ombro. O Diabo olhava pra mim e seus olhos se enchem d’agua. Sem graça , ele desviava o olhar pro chão:
- Sabe Velho, (snif) nunca ninguém me tratou assim...com compreensão...(snif) ...carinho...amor!
Na mesma hora peguei um pedaço de pau e acertei a cabeça do capeta. Duas vezes pra ter certeza:
- Toma, filadaputa!! Toma, pra largar a mão de ser safado!! Toma jeito de homem, seu viado!!!