sexta-feira, 29 de maio de 2009

Pensando em comprar um monitor LCD ?

Procurando um novo monitor para os seus games? Confira estas dicas antes de sair às compras.

Nós sabemos que grande parte do público que acessa o Baixaki não somente gosta muito, mas de fato joga os mais variados tipos de games (a área é uma das mais movimentadas do site). E, como vários outros artigos que fizemos voltados a PCs de jogos, esse vai dar duas dicas muito importantes: por que um bom monitor é tão importante e como sei qual devo comprar?

Bem, principalmente para um bom jogador, um monitor pode definitivamente fazer toda a diferença durante uma experiência com os mais novos games. E isso ocorre especialmente se você ainda utiliza um monitor convencional (os chamados CRT). Isso tudo porque a qualidade de imagem dos monitores LCD de última geração é muito superior.

Os pontos importantes na compra de um monitor

Agora que você entende quão importante é um bom monitor para perceber uma qualidade visual superior nos games, que tal conferir o que deve ser considerado ao procurar um novo para ser comprado?

Primeiramente, tenha certeza de ter uma boa placa de vídeo em seu PC (não onboard). Sem uma boa placa gráfica, um monitor novo não fará grande diferença de imagem, pois o computador não tem suporte a grandes resoluções (sem ficar lento, é claro).

Tamanho é documento

É claro que o tamanho do monitor vai influenciar no modo como você joga. Em primeiro lugar porque, para muitos, quanto maior melhor (você vai ver muito mais o que está na sua tela). Claro que será necessário garantir uma distância maior do monitor. Mas, a resolução máxima vai aumentar e muito mais coisas caberão em sua tela. Por isso, prefira um monitor de, no mínimo, 19 polegadas. Mas é recomendável um de 22 polegadas.

A Resolução

Bem, acabamos de falar que um monitor maior garante uma resolução também maior. É claro que você precisa ter um computador melhor, pois o processamento ficará mais pesado. Entretanto, a definição da imagem vai ser muito maior. Isso porque a imagem do game não será “ajustada” (esticada ou encolhida) para caber na tela.

E, além disso, você vai aproveitar muito mais do jogo, com os elementos espalhados pela tela mas sem atrapalhar a sua visão. Não entendeu? Imagine que você está jogando um jogo FPS (tiro em primeira pessoa). Há vários “painéis” pela tela, com a sua energia, armas, munição, itens, mapa etc. Isso tudo ocupa espaço em sua tela, e a visão do personagem em si acaba ficando limitada. Com uma resolução e monitor maiores, isso deixa de ser um grande problema.

O tempo de resposta

Você já ouviu falar nele? O tempo de resposta é, literalmente, o tempo que o monitor leva para mostrar a imagem do PC para você. Ele é extremamente importante nos games, pois a movimentação é muito constante.

Em jogos de primeira pessoa isso se torna relativamente notável. Se você tiver um monitor de 8 ms (milissegundos) e tentar jogar algo como Counter Strike, verá fantasmas pela tela. Ou seja, ao movimentar seu personagem ou a visão da câmera, ficarão rastros pela tela, como manchas. É que o tempo de resposta é devagar demais e não é ágil o suficiente para acompanhar o computador.

É dito que monitores de 8 ms já são mais do que o suficiente para que não se veja rastros, mas isso é um erro. Como dito acima, em jogos mais dinâmicos, com a movimentação um pouco mais rápida, já se vêem fantasmas. Por isso, para que você garanta uma boa imagem sem rastros, certifique-se de comprar um monitor com tempo de resposta de 2 ms (até já comum).

O contraste estático

Imagine um jogo bastante escuro, como Doom 3 ou Silent Hill, em que detalhes aparecem no meio das sombras. Pois então, é o contraste de seu monitor que vai diferenciar a luz branca da luz negra. Ou seja, controla e mostra para você como a iluminação deve ser. Quanto maior o número, maior a diferenciação. E, quanto maior a diferenciação, mais vibrante será a imagem. Sendo assim, o ideal é uma taxa de contraste de pelo menos 700:1, mas é fácil encontrar monitores 1000:1 (ou mais).

É importante também diferenciar o contraste estático do dinâmico. O estático é o que falamos acima, que é real do monitor. Mas há também o contraste dinâmico, que é uma tentativa de simular um contraste melhor. Por isso, o importante é você se preocupar com o estático (que é o real) — e não com o dinâmico.

Wide ou Fullscreen?

Os monitores fullscreen (os mais quadrados e comuns) dominaram os PCs por muitos anos. Entretanto, a tendência das próprias televisões fez com que os monitores seguissem o mesmo caminho: o de telas widescreen. Eles são mais retangulares, pois têm a largura maior do que a altura.

É claro que isso é pura questão de preferência. Entretanto, os novos monitores um pouco maiores (de 22 polegadas) já vêm comumente no formato widescreen. E, sendo assim, vários games já se preparam para o formato. Então, o fato de o monitor ser full ou widescreen acaba sendo uma tendência da tecnologia. Não há muita escolha, pois provavelmente é o caminho que praticamente todos os monitores vão seguir de agora em diante.

Conclusão

Resumindo: na hora de procurar por um monitor, tente não olhar somente pelo preço. Dê uma boa pesquisada em cada aspecto dele antes: tamanho, resolução, tempo de resposta, contraste estático etc. E novamente: não se esqueça de que o responsável por mandar a imagem para o monitor é o seu próprio PC. Por isso, certifique-se de ter ao menos uma boa placa de vídeo para ter a melhor experiência com os seus jogos. Boa diversão!


Retirado do site: http://www.gametotal.com.br